Tomaz Cleto, da Yawatz Engenharia, agente de comissionamento, aponta alguns resultados de aumento de eficiência energética em casos reais de sistemas de água gelada no Brasil:

  • Shopping Center – Cuiabá (MT):
  • Aumento de eficiência energética do sistema de água gelada em 20%.
  • Evitou-se um investimento de R$ 1,3 mi em chillers adicionais.
  • Complexo Hospitalar – São Paulo (SP):
  • Aumento de eficiência energética do sistema de ar condicionado em 15% (cerca de 25% de aumento de eficiência no sistema de água gelada).
  • Redução da demanda total do complexo em 10%.
  • Canal de TV (incluindo Data Center) – Rio de Janeiro (RJ):
  • Aumento de eficiência energética do sistema de água gelada em 15%.
  • Redução da demanda na ponta em 30%.
  • Edifício Corporativo – São Paulo (SP):
  • Aumento de eficiência energética do sistema de água gelada em 35%.
  • Redução da demanda total do complexo em 15%.

“É importante observar que em nehnum deles houve substituição de chillers e os prazos de retorno de investimento, tendo como base apenas a eficiência energética, foram menores que três anos. Os aspectos não energéticos, bem maiores e melhores, não foram contabilizados”, esclarece Tomaz.

Veja também

Retrocomissionamento, qualidade do ar e conforto térmico

Crise retrai a contratação do comissionamento

Tags:,

Comentários