Produtos e Serviços
Flecha de ar
Distribuindo o ar frio para dentro do ambiente
postado em: 03/12/2015 12:18 h atualizado em: 14/12/2015 11:35 h
Figura 1 - Curva de flecha de ar
(crédito: ebm-papst)

A função primária dos evaporadores de câmaras frias é a de absorver o calor do ambiente através do fluído refrigerante, o que parece óbvio para a maioria dos profissionais de refrigeração. Entretanto, outra importante função do evaporador é a sua capacidade de distribuir o ar frio dentro do ambiente. Em câmaras frias grandes, é fundamental que os evaporadores estejam bem posicionados e que seu projeto permita que o ar de saída alcance grandes distâncias.

Ao deixar o trocador, o ar possui uma determinada velocidade e esta vai diminuindo ao se afastar dele, como ilustrado na Figura 1.

A flecha de ar é um valor de distância que está atrelada a uma velocidade estabelecida. Os valores de 0,5 ou 0,25 m/s são bastante usuais. No caso do evaporador, cuja curva se encontra na própria Figura 1, a flecha de ar para uma velocidade terminal de 0,5 m/s é de cerca de 10 m, ao passo que para uma velocidade terminal de 0,25 m/s a flecha é de cerca de 20 m. Por isto, é importante analisar a velocidade à qual o parâmetro flecha de ar está especificado.

A curva que determina o quanto a velocidade terminal se reduz em função da distância é obtida em função de alguns parâmetros, dentre eles podemos destacar:

1 – A velocidade inicial após a saída do ventilador;

2 – O nível de turbulência e direção com que o ar deixa o ventilador.

Figura 1: Curva de flecha de ar

Quanto maior a velocidade inicial, maior será a distância alcançada pelo ar. E a velocidade inicial será maior quanto menor for o diâmetro do ventilador mantendo a mesma vazão, o que deixa o fluxo mais concentrado em uma área menor.

Da mesma forma, quanto mais laminar e mais direcionado for o fluxo de saída de ar, maior será este alcance.

Esta eficiência da aerodinâmica sobre a flecha é representada por um fator chamado “mixing ratio”, que é inversamente proporcional à flecha de ar. Um ventilador comum, sem nenhum direcionador de ar, apresenta um fator de aproximadamente 1,5.

O “streamer”, conforme indicado na Figura 2, é um acessório que atua como um direcionador de ar, redirecionando a saída de ar para o sentido de interesse. Este tipo de equipamento apresenta um “mixing ratio” da ordem 0,7. Ele pode ser facilmente encaixado sobre a grade de um ventilador sem a necessidade de nenhuma ferramenta.

Figura 2: Streamer

No caso da ebm, a solução Axicool pode levar o desempenho do “mixing ratio” a um valor de até 0,3, ou seja, pode oferecer uma flecha de ar até 5 vezes maior que um ventilador convencional. O produto apresenta ainda uma versão mais completa que possui uma dobradiça para permitir acesso ao aletado, para lavagem e higienização de forma simples e sem riscos de danos ao ventilador por infiltração de água devido aos jatos d’água sob pressão. Ele também permite a instalação de uma resistência de aquecimento em um espaço interno apropriado para evitar a formação de gelo em aplicações de baixa temperatura, evitando riscos e aumentando a eficiência do equipamento como um todo. A tecnologia EC permite o controle da operação conforme a demanda exigida, com significativa redução no consumo de energia e no nível de ruído, este último objeto de regulamentações em câmaras frigoríficas e de preparo, conforme Figura 3.

Figura 3: Axicool

Por Jorge Monzém - Engenheiro de produto da ebm-papst 

Compartilhe essa matéria !
Deixe seu Comentário !


Seu nome:
 
Seu e-mail:
 
Mensagem:




Comentários