Refrigeração
11ª TecnoCarne
Evento atraiu empresas do setor de refrigeração industrial
postado em: 10/09/2013 16:18 h atualizado em: 10/09/2013 16:19 h
Cerca de 650 marcas expositoras diretas e indiretas apresentaram tecnologias sustentáveis
(crédito: Nova Técnica)

A 11ª edição da TecnoCarne - Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria da Carne, que aconteceu de 13 a 15 de agosto último, reuniu cerca de 25 mil visitantes no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

De acordo com a BTS, organizadora do evento, cerca de 650 marcas expositoras diretas e indiretas apresentaram tecnologias sustentáveis que gerem economia de custos e de uso de matérias primas. Toda a cadeia produtiva da indústria da carne esteve representada por fabricantes de ingredientes, insumos e aditivos, embalagens, automação, refrigeração, logística, equipamentos, acessórios, tratamento de efluentes, higienização e demais produtos e serviços.

Neste ano, a TecnoCarne também contou com eventos paralelos como o Meat Market 2013, ciclo de palestras sobre cenários e tendências para a indústria da carne. Na ocasião, Francisco Sérgio Turra, presidente da Ubabef (União Brasileira de Avicultura), e Luis Madi, diretor do Ital (Instituto de Tecnologia de Alimentos) debateram a conjuntura econômica do mercado de aves e as tendências em inovação para o mercado de carne.

O setor de refrigeração industrial esteve representado pelas empresas Allenge, que apresentou em seu estande equipamentos e serviços para instalações frigoríficas de pequeno, médio e grande porte, e soluções turn key. Para Paulo Faller, diretor da Allenge, a TecnoCarne representa a principal feira para o setor de refrigeração industrial e esta edição superou as expectativas, tanto em prospecção de negócios, como em qualidade e quantidade de visitantes.

A Danfoss destacou a linha de válvulas para sistemas de refrigeração com amônia e CO2 como as válvulas de bloqueio, válvulas solenoides e válvulas reguladoras da linha Flexline. Para Pablo Ibaceta, diretor de vendas regional LAM, a presença da Danfoss na TecnoCarne atraiu visitantes interessados em sistemas de amônia e CO2. Além das válvulas, a Danfoss levou também o AKS 4100, sensor de nível de líquido em tanques ou separadores para sistemas de refrigeração com amônia e CO2, especificamente para aplicações no segmento alimentício. O sensor trabalha com um sinal tipo micro-onda conduzido apenas por um cabo de aço inoxidável e flexível. O diferencial é que o AKS 4100 pode funcionar em qualquer situação dentro dos tanques, sem contaminação de óleo no sistema.

A Dânica expôs seus sistemas termoisolantes para câmaras e portas frigoríficas, divulgando soluções específicas para diferentes projetos e segmentos. O destaque foi a nova porta de correr automática, com inovador painel de comando integrado inteligente, totalmente programável, com inversor de frequência e controle de aceleração. De acordo com a Dânica, a nova porta de correr automática é a primeira do mercado a integrar o painel de comando de abertura na porta, proporcionando ao usuário fácil acesso ao controle de abertura, permitindo inclusive a programação do fechamento automático e abertura parcial diretamente no comando integrado inteligente, sem a necessidade de intervenção técnica.

O estande da ebm-papst, Daniel Marcucci, Gerente de Vendas, atraiu a atenção dos visitantes, interessados em conhecer mais detalhes sobre a tecnologia GreenTech EC (eletronicamente comutado), aplicada em ventiladores e motores utilizados em equipamentos de ventilação e refrigeração da indústria de processamento de carnes. “Ao longo dos anos, a TecnoCarne vem se transformando, de um evento com foco na produção, para um evento com foco em maquinário, processamento, armazenagem e melhoria dos processos dos produtores do agronegócio. Isso faz com que a feira receba a visita de grandes empresas, com modernas e inovadoras tecnologias, onde a ebm-papst se encaixa perfeitamente”, disse Marcucci. Na oportunidade, a ebm-papst recebeu clientes, projetistas, consultores e fabricantes do setor, estabelecendo um primeiro contato que promete gerar futuras oportunidades de negócios.

A Gea Refrigeration apresentou a unidade compressora XSERIESTM (Xtremely Efficcient Compressor Design) para refrigeração industrial. “A feira atraiu muitos visitantes em nosso estande e pudemos divulgar toda linha da Gea voltada para refrigeração industrial”, disse Paulo Mariotto. Outro equipamento que a Gea divulgou foi o carton freezer, com sistema VRT (tempo de retenção variável) que trabalha simultaneamente com produtos de diferentes tamanhos, além de um grande range de operação (resfriamento/congelamento). Estiveram presentes ainda, o fabricador de gelo Geneglace, com capacidade entre 500 a 50.000 kg de gelo por dia e o purgador de incondensável.

A Isoeste esteve presente na TecnoCarne com sua linha de painéis isojoint wall pur com núcleo de PUR (poliuretano) ou PIR (poliisocianurato) de alta densidade e revestidos com chapa de aço pré-pintado e isojoint frigo pur para câmaras frigoríficas em geral, em especial para baixa temperatura. Para o diretor da Isoeste, Júlio César, a Tecnocarne é uma feira internacional e mostrou nesta edição o crescimento do mercado mundial de equipamentos para o mercado de carne.  “Passaram pelo estande diretores, gerentes, empresários e especialistas deste mercado, tanto do Brasil como do exterior, superando nossas expectativas”, comentou César. 

A Johnson Controls - York destacou as linhas de compressores para instalações frigoríficas como o compressor alternativo Sabroe SMC MK IV e o compressor parafuso Frick RWF II. De acordo com a JCI, a linha de compressores parafuso Frick RWF II atraiu a atenção dos visitantes por apresentar vários modelos que podem ser combinados, o que proporciona ampla cobertura de capacidades e tipos de aplicação industrial utilizando refrigerantes halogenados e amônia, controle de volume variável, reduzido número de tubulações e conexões, fixação do motor ao compressor por meio de flanges entre outras características.

A Refrio Coils & Coolers reuniu em seu estande os seguintes lançamentos: os evaporadores da linha IDR-NH3 de duplo fluxo de ar, projetados para aplicações em grandes câmaras frigoríficas e armazéns de baixa altura para conservação de produtos frescos e congelados, e os trocadores de calor com projetos especiais destinados às mais diferentes aplicações, desde climatização de ambientes até processos industriais específicos.  Em resfriamento, aquecimento e recuperação de energia. “Ficamos muito satisfeitos em participar da TecnoCarne. Mais do que uma feira, é a ocasião ideal para encontrar o mercado, conhecer novas tecnologias, descobrir tendências e se relacionar com os principais players do setor, reunindo profissionais da indústria frigorífica e alimentícia. A Refrio tem desenvolvido e fabricado equipamentos pautado na especialização tecnológica e qualidade dos produtos e serviços”, comentou Paulo Afonso Guimarães, um dos diretores da Refrio.

A Semco participou da TecnoCarne apresentando seus equipamentos que trabalham tanto com amônia quanto com refrigerantes halogenados (R22, R12 e R134A, entre outros).

Estiveram presentes também na TecnoCarne a Alfa Laval, Frigostrella, Guntner, Maycom, Shiguem, Termoprol Zanotti e  Valvugas.

Compartilhe essa matéria !
Deixe seu Comentário !


Seu nome:
 
Seu e-mail:
 
Mensagem:




Comentários