Energia
Arena Pernambuco recebe usina solar de R$ 10 milhões
Potência instalada é de 1 megawatt pico (MWp)
postado em: 11/12/2013 16:05 h atualizado em: 11/12/2013 17:39 h
Arena gerará energia suficiente para abastecer 6 mil habitantes
(crédito: Brasil 247)

 

A Itaipava Arena Pernambuco recebe, nesta quarta-feira (11), a primeira usina de geração solar fotovoltaico do Estado. A Usina Solar São Lourenço da Mata, tem potência instalada de 1 megawatt pico (MWp), capacidade suficiente para gerar 1.500 MWh por ano, o que equivale ao consumo de seis mil habitantes. A unidade será responsável por até 30% da energia consumida pelo estádio que sediará a Copa do Mundo 2014. O investimento de R$ 10 milhões é resultado da parceria entre o Grupo Neoenergia, por meio das distribuidoras Celpe (PE), Coelba (BA) e Cosern (RN), e a Odebrecht.

Situada em um terreno de 15 mil m², anexo à Arena, a instalação da usina solar faz parte do Projeto Estratégico de Pesquisa e Desenvolvimento - “Arranjos Técnicos e Comerciais para Inserção da Geração Solar Fotovoltaica na Matriz Energética Brasileira”, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Além da usina, o projeto de Pesquisa e Desenvolvimento contempla outros investimentos que totalizam R$ 24,5 milhões.

A Itaipava Arena Pernambuco foi construída para a Copa do Mundo de 2014 por uma Parceria Público Privada (PPP) entre o Governo de Pernambuco e a Odebrecht. Pelo acordo, a Arena será operada pela Odebrecht Properties pelos próximos 30 anos – parceria que nasce também com a missão de impulsionar uma nova centralidade na Zona Oeste da Região Metropolitana do Recife. Com capacidade para 46 mil torcedores, o novo estádio sediou a Copa das Confederações deste ano e receberá cinco partidas do Mundial em 2014.

Do Brasil 247

Compartilhe essa matéria !
Deixe seu Comentário !


Seu nome:
 
Seu e-mail:
 
Mensagem:




Comentários